1960 - 1969

Home  >  Bibliografia Geral > 1960 - 1969

1960 - Valor da electroforese em papel na clínica infantil. (De colaboração com J. A. LOPES DOS SANTOS & A. FERREIRA LEITE). Jornal do Médico, 42 (917): 763-774, 1960.

1960 -
Ideias actuais sobre a fisiopatologia da cirrose hepática. Boletim da Ordem dos Médicos, 9: 503-512, 1960.

1960 -
Richerche sperimentali sopra la rigenerazione epatica. I — La rigenerazione epatica dopo ampia epatectomia nel corso delia colostasi da legatura dei coledoco. (De colaboração com G. WEBER & MARCONI). Archivio de Vecchi, 30 (3): 923-944, 1960.

1960 - Mais um caso de Fasciolíase hepática humana no Norte de Portugal. (De colaboração com A. MENDES MOREIRA). Boletim da Ordem dos Médicos, 9 (11): 867-872, 1960.

1961 -
A electroforese na tuberculose pulmonar. Contribuição para o estudo das modificações de proteínas e glicoproteínas séricas pela electroforese em papel. (De colaboração com MÁRIO NORO GOMES). O Médico, 18 (495): 504-517, 18 (496): 569-583, 18 (498): 682-690, 18 (499): 729-737, 18 (500): 774-780, 19 (501): 12-16, 1961.

1961 - Uma nova reacção de labilidade sérica: a reacção do ácido cloranílico ou de Karl Closs. Jornal do Médico, 44 (950): 753-760, 1961.

1961 -
Lesões hepáticas pela etionina. (De colaboração com HIPÓLITO REIS). Arquivo de Patologia, 33 (2): 11-25 1961.

1962 - Elementos de histoquímica dos enzimas do fígado. I — A trifosfátase de adenosina a pH 7,2 (De colaboração com J. RODRIGUES PEREIRA). Gazeta Médica Portuguesa, 15 (3): 277-286, 1962.

1962 -
Amiloidose cutânea. (De colaboração com AURELIANO DA FONSECA). Portugal Médico, 46 (1-2): 129-142, 1962.

1963 - Elementos de histoquímica dos enzimas do fígado. II — A fosfátase alcalina. (De colaboração com OLGA VIZEU). Gazeta Médica Portuguesa, 16 (1-2): 129-142, 1963.

Posteriormente fiz mais as seguintes publicações:

1964 - Sialadenite e sialolitíase. Actas do II Congresso Nacional de Estomatologia (Junho, 1964), págs. 141-146.
Apresenta-se a casuística do Laboratório de Anatomia Patológica, destacando-se os critérios para o diagnóstico da sialadenite por auto-imunização, entidade de que se publica uma observação.

1965 - Sobre a disseminação metastática dum carcinoma do pâncreas. (De colaboração com AMÂNDIO TAVARES). Jornal do Médico, 57 (1163): 65-70, 1965.
Em comunicação à 2ª Reunião da Sociedade de Anatomia Patológica (Porto, Novembro, 1964) apresenta-se um caso de carcinoma do corpo do pâncreas, num homem de 24 anos, manifestado por profusa disseminação no tecido muscular estriado, muito precoce e por invasão pleuro-pulmonar esquerda, cerebral, miocárdica e ganglionar terminal.
Discute-se o delicado problema da determinação, por necropsia, da localização primitiva de certas neoplasias extensamente disseminadas.

1965 - Quatro casos de neoformação primitiva do uréter. (De colaboração com JOÃO COSTA, ANTERO DE CARVALHO, JORGE MARQUES GUEDES, EDUARDO RODRIGUES PEREIRA, MÁRIO OLIVEIRA REIS e J. A. MANSO PRETO RODRIGUES). Jornal do Médico, 58 (1187): 449-458, 1965.
Apresentam-se quatro tumorações do uréter que se caracterizam por idêntica sintomatologia urológica resultante de obstrução, mas em que o estudo anátomo-patológico revelou processos bastante diferentes: um pseudo-tumor amilóide (localização muito rara de amiloidose primitiva neoplastiforme), uma polipose múltipla, um carcinoma papilar e um carcinoma pavimentoso espino-celular.

1965 - A histochemical study on the influence of drugs on bovine adrenal medulla catecholamines. (De colaboração com JULIETA GIL DA COSTA). Naunyn-Schmiedebergs Archiv fur experimentelle Pathologie und Pharmakologie, 250: 337-347, 1965.
Utilizando os métodos histoquímicos para a identificação de células contendo adrenalina e de células contendo noradrenalina, na suprarrenal de vitela, estudam-se as variações produzidas neste órgão com perfusões de substâncias activas (cocaína, atropina, hexametónio, nialamida, P-286 e guanetidina) definindo as possibilidades dos métodos de histoquímica como complemento de investigações farmacológicas realizadas no Serviço de Farmacologia da Faculdade de Medicina do Porto.

1965 - Algumas considerações anátomo-clínicas sobre dermo-hipodermites das pernas. (De colaboração com AURELIANO DA FONSECA). Actas do Congresso dos Dermatologistas de Língua Portuguesa (Rio de Janeiro, 1965), págs. 169-173.
Fazem-se considerações sobre esta entidade dermatológica mostrando a sua heterogeneidade morfológica e a importância do estudo minucioso das lesões vasculares e da observação de nódulos com pouco tempo de evolução.

1965 - Prurigo pápulo-nodular dos membros inferiores. Algumas considerações histopatogénicas. (De colaboração com AURELIANO DA FONSECA). Actas do Congresso dos Dermatologistas de Língua Portuguesa (Rio de Janeiro, 1965), págs. 175-180.
A propósito de uma observação com estudo histopatológico praticado em diferentes fases evolutivas sugere-se uma patogenia neuropática, dada a evidente proliferação nervosa e a limitação do infiltrado à imediata vizinhança dos segmentos nervosos, aventando-se a hipótese de sensibilização a produtos de origem nervosa (aminas?) qualitativa ou quantitativamente alterados.

1965 - Élastose et Amyloidose. Actes du XII Congrès de l'Association des Dermatologistes et Syphiligrafes de Langue Française (Paris, 1965), págs. 432-436.
Apresentam-se mais três observações de amiloidose cutânea associada a elastose do tipo da elastose senil e sugere-se a aproximação patogénica desta lesão com as formas viscerais, predominantemente vasculares, descritas por SCHWARTZ.

1967 - Cirrose hepática com sobrecarga férrica reversível. (De colaboração com EMÍDIO RIBEIRO, TOMÉ RIBEIRO e RUI PAULA PINTO). Jornal do Médico, 63 (1271): 277-283, 1967.
Observação anátomo-clínica particularizada pela circunstância de termos feito um diagnóstico de cirrose hemocromatósica, a partir de uma biopsia hepática e dois anos depois termos verificado, em exame necrópsico, o desaparecimento total da pigmentação férrica, que era maciça. Discutem-se as possíveis interpretações desta aparente remoção espontânea sugerindo-se as hipóteses mais prováveis.

1967/1968 - Estudo das fracções proteídicas férricas na intoxicação experimental pela etionina. (De colaboração com C. HIPÓLITO REIS e M. SOBRINHO SIMÕES). Arquivos Portugueses de Bioquímica, 10: 496-507, 1967-68.
Na sequência de trabalhos anteriores, criou-se um novo esquema experimental de que se apresentam, nesta publicação, os aspectos bioquímicos; o estudo morfológico, histoquímico e ultrastrutural, embora já comunicado publicamente, aguarda oportunidade de ser dado a lume.

1968 - Aspectos anátomo-patológicos da hipertensão portal. Temas de Medicina, 23-26: 203-254, 1968.
Aproveitando a grande experiência obtida no estudo de casos de hipertensão portal, com apertado critério anátomo-clínico, expõem-se pontos de vista pessoais sobre a histodinâmica das lesões hepáticas porto-hipertensivas, enunciam-se os dois princípios — da unidade e do equilíbrio — que regulam a homeostasia hepática e comentam-se as alterações esplénicas observadas nalguns casos.

1968 - Cirroses hepáticas experimentais. Actas do I Congresso Nacional de Anatomia Patológica, (Lourenço Marques e Luanda, 1968), págs. 133-144.
Trata-se de um dos relatórios do Congresso, pelo que se optou por uma forma concisa que permitisse a apresentação dos pontos de vista doutrinários que autorizam a utilizar o animal para estudos de cirrose. Insiste-se nos conceitos de morfogénese e de evolutividade lesional que podem ser frutuosamente analisados por via experimental.

1968 - Surto de hepatite em Moçambique. Estudo histológico por punção-biopsia. (De colaboração com OLIVEIRA TORRES). Actas do I Congresso Nacional de Anatomia Patológica. (Lourenço Marques e Luanda, 1968), págs. 255-272.
Estudam-se 201 biópsias hepáticas praticadas em indivíduos de raça negra durante o primeiro surto de hepatite aguda observado em Lourenço Marques. A circunstância de o material ter sido examinado por dois patologistas com experiência no estudo de lesões do fígado em europeus (D. S.) e em africanos (O. T.) permitiu ajuizar da importância relativa do factor vírico e dos factores ambienciais na modelação das lesões observadas.

1968 - A propósito de um tumor pulmonar maligno num africano jovem. (De colaboração com HENRIQUE TORRES e SÉRGIO VIGOUROUX). Anais do Hospital Militar de Luanda, 1 (2): 79-92, 1968.
Publica-se um caso de tumor pulmonar particularizado pela sua forma histológica — um adeno-carcinoma em franca evolução anaplástica e mega-celular, com sinais de eritrofagocitose — e pela circunstância de ter aparecido num homem de 22 anos, de raça negra, o que parece constituir eventualidade muito rara.

1968 - Biopsia da sinovial. Seu interesse para o diagnóstico de algumas afecções reumáticas. (De colaboração com EMÍDIO RIBEIRO e A. LOPES VAZ). O Médico, 49: 7-15, 1968.
Em comunicação apresentada ao VI Congresso Europeu de Reumatologia deu-se a conhecer a experiência já adquirida com a prática da biopsia da sinovial do joelho, demonstrando-se o interesse do estudo histopatológico para o diagnóstico diferencial das doenças reumáticas e, de um modo geral, de imunopatias com ou sem expressão articular clinicamente evidente.

1969 - Síndromo progeróide com camptodactilia e «cútis marmorata». (De colaboração com A. FERRAZ JÚNIOR, M. P. HARGREAVES e MANUEL CALISTO). Jornal do Médico, 68 (1354): 5-11, 1969.
O estudo histológico de biópsias de pele praticadas em doente portadora de estado progeróide contribuiu para a classificação deste interessantíssimo caso como uma variante, talvez inédita, de síndromo de Werner.



« voltar